domingo, 23 de março de 2008

Renato Russo: O trovador solitário

Arthur Dapieve

Não sou muito fã de biografias, mas esta despertou um interesse particular não só pela personalidade em questão, enigmática e símbolo de uma geração, mas também pela forma com que foi escrita e editada, parte que, a meu ver, é igualmente importante.

Com um estilo agradável e objetivo combinado com a paixão de um fã, Arthur Dapieve faz um passeio pela vida de Renato Manfredini Jr, o ícone que se sentia desconfortável com o título de novo “porta voz da juventude”. Sua vida e história, sem dúvida alguma, impactaram o rock brasileiro nos anos 80, servindo de marco para uma geração coca-cola.

Cada capítulo da vida de Renato Russo refletia profundamente em suas letras. O livro soube captar isso muito bem, não deixando de relacionar as letras das canções – principalmente as mais famosas – com o momento vivido por Renato e pela Legião Urbana. É quase uma leitura musical!

O livro Renato Russo: O Trovador Solitário, além de acompanharmos a trajetória deste artista fundamental para a música brasileira, reúne ilustrações, fotos marcantes e sua discografia completa. O projeto gráfico é magnífico, só nos dá ainda mais vontade de ler.

Ediouro, 2006

3 comentários:

Natália disse...

Ah! Enfim, um que eu li! Umas três vezes, diga-se de passagem...
Recomendo, não porque conta a história do Renato Russo, mas porque fala de uma geração. E quem gosta de música vai conhecer as histórias da turma de Brasília nos anos 80. Passa uma noção do cenário musical do país no período. Muito legal.

verblogando disse...

Olá, Taynée!
Desculpe o atrevimento, mas te indiquei para participar de um meme literário. O que acha?
Quando puder, dar uma passadinha mo meu blog. :)
Abraço!

Rogerio Floripa disse...

Baixar o livro - Renato Russo - O Trovador Solitário - http://mcaf.ee/ctn15